Aline Barros Homenageada no Raul Gil

Amor, paz e muita fé. Isso e muito mais Aline Barros leva para seus fãs. A Homenagem ao Artista dessa semana, dia 22 de março, atingiu mais que seus objetivos. Além de mostrar a contribuição que Aline traz para a música, levou amor e fé para as telinhas de todo país. Para os talentos do Raul Gil, foi mais que especial cantar para essa jovem de sucesso. “Poder louvar o senhor é meu sonho e para a Aline Barros é incrível”, disse Gabriela Rocha sem resistir às lágrimas de emoção. Confira as canções que homenagearam Aline Barros: Gabriela Rocha – O poder do teu amor (Geoff Bullock) Max Petrônio e Taís Séliguer – Pra sempre te adorarei (Alda Célia) Sabrina – Pula – Pula (Silas Júnior) Elias dos Santos – Consagração (Anderson Mattos) Ricky Vallen – Sonda-me, usa-me (Aline Barros / Edson Feitosa / Ana Feitosa) Leia um pouco da trajetória de Aline Barros: (Por Matheus Colen) A música cristã se caracteriza pelas belas mensagens de adoração contidas nas letras. No Brasil, o ritmo se expandiu na década de 90, resultado do trabalho dos ministérios de louvor de diversas igrejas evangélicas. Grandes artistas surgiram nos ministérios, e com essa carioca não foi diferente. Com apenas cinco anos de idade, Aline cantava em casamentos e acompanhava seu pai nos cultos. Desde então, ela traçou uma trajetória sempre ascendente, e repleta de alegria e coisas boas. Aline Barros demonstrou cedo o interesse pela música. Ao ver seu pai tocando violão, ela não conseguia ficar longe. Ainda criança, entra para o ministério de louvor de sua igreja e na adolescência participa de algumas gravações com o grupo. A primeira música solo foi gravada quando ela possuía apenas 14 anos de idade. “Tua palavra” ficou 45 dias nas paradas de sucesso das rádios evangélicas cariocas. Dois anos mais tarde, Aline atinge o sucesso! A música “Consagração” passou nove meses liderando o ranking das rádios em todo o Brasil. O sucesso da música impulsionou Aline e pouco tempo depois era lançado seu primeiro disco. O CD “Sem limites” vendeu cerca de 500 mil cópias e rendeu notoriedade ao talento e ao ministério de Aline Barros. “Quão formosos são os pés dos que trazem alegres as novas de boas coisas” O segundo trabalho “Voz do coração” fixou definitivamente o nome de Aline Barros na música gospel brasileira. Pouco a pouco o ministério de Aline foi se expandindo e conquistando cada vez mais público. E não demorou para cruzar fronteiras! Aline Barros foi a primeira cantora gospel brasileira a gravar um álbum internacional. O trabalho lhe rendeu convite para cantar na Europa e na Ásia. Em 2001, cantando pela unificação das duas Coréias na maior igreja do mundo, Aline esteve ao lado de grandes ministros de diversos países. O evento reuniu mais de 700 mil pessoas! Depois de toda essa trajetória, o reconhecimento internacional foi inevitável. Aline Barros ganhou duas vezes o Grammy Latino, sem falar nas diversas indicações que teve. Aline transmite a mensagem de Deus para todos. Além dos trabalhos internacionais, ela também se dedicou aos pequenos lançando três discos para o público infantil. Mas nada disto teria valor, se o amor não existisse de maneira tão presente e ativa na vida de Aline Barros.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: